20 de jan de 2016

[EU ESCRITOR] 20 / 30

   

   Hoje sem muitas novidades gostaria de compartilhar um texto muito bom que foi divulgado no MormonChannel. Tenho tentado refletir mais para perceber mais os meus defeitos para poder melhorar e torna-los atributos e neste processo um assunto muito importante vem: a comparação com os outros. 
  Foi-nos feito uma promessa "condicional" em Éter 12:27 "E se os homens vierem a mim, mostrar-lhes-ei sua fraqueza. E dou a fraqueza aos homens a fim de que sejam humildes; e minha graça basta a todos os que se humilham perante mim; porque caso se humilhem perante mim e tenham fé em mim, então farei com que as coisas fracas se tornem fortes para eles." A condição é muito clara, o Senhor irá nos ajudar a tornar das nossas fraquezas força SE tivermos humildade e fé. 

Segue ótimo texto divulgado no Mormon Channel: (traduzido por Junior Klaus)

"How to Stop Comparing Yourself to Others"

   Existem bilhões de pessoas neste mundo as quais você poderá comparar-se. Uma vez que você começa, você pode achar que é difícil de parar. Todos nós temos feito isso - desejando ser mais como ela ou considerando como fico feliz por não ser como ele. Mesmo enquanto fazemos isso, nós sabemos que não estamos pensando ou agindo como Jesus Cristo faria.

  É possível admirar justamente alguém, e isso é saudável, pois nos motiva a melhorar a nós mesmos. No entanto, ter ciúmes dos pontos fortes de alguém, vergonha de suas próprias fraquezas, ou invejando uma "vida perfeita" que você acha que alguém tem é uma atividade puramente negativa. Comparações insalubres levam à depressão, falta de auto-confiança e auto-estima, a ingratidão, saboreando os julgamentos dos outros, ressentindo-se e aos outros, desperdício de tempo e esforço, destruindo qualquer motivação para alcançar objetivos pessoais e digressão espiritual.

Se se comparar aos outros tornou-se um hábito diário para você, é hora de parar, e nós temos algumas dicas para fazer exatamente isso.

  1. Ore para que a orientação do Senhor.
  2. Não se preocupe que você acredita que as pessoas pensam de você.
  3. Mantenha um "diário de gratidão."
  4. Limite seu tempo em mídia social.
  5. Não espere ser perfeito.

É da natureza humana para se sentir inadequada às vezes, mas não deixe que isso se tornar sua mentalidade constante. Aceite o desafio de ser um verdadeiro discípulo de Jesus Cristo e passar de competitividade para a cooperação, de amor a si mesmo para amar os outros, a partir de comparação com conexão.

O texto completo (em inglês) poderá ser acessado em: https://www.mormonchannel.org/blog/post/how-to-stop-comparing-yourself-to-others