26 de fev de 2015

44º Concurso Internacional de Redação de Cartas - INSCRIÇÕES ABERTAS!

Estão abertas as inscrições para o 44º Concurso Internacional de Redação de Cartas, promovido em todo o mundo pela União Postal Universal (UPU) e organizado no Brasil pelos Correios. Podem participar estudantes de até 15 anos de idade da rede pública e privada de ensino, que deverão seguir o tema “Escreva uma carta para descrever o mundo onde gostaria de crescer”.
Os textos precisam ser redigidos em língua portuguesa e de próprio punho, com caneta esferográfica preta ou azul, e totalizar no máximo 800 palavras em formato de carta. Após escrever a redação, o estudante passará por uma seleção em sua escola, na qual será escolhida a carta que irá representá-la. Cada escola pode inscrever no máximo duas redações no concurso, que conta com duas fases: estadual e nacional.
Na estadual, serão premiadas as três melhores redações de cada diretoria regional dos Correios. O primeiro colocado ganhará um tablet; o segundo receberá um smartphone e o terceiro, uma câmera digital. Já na fase nacional, o vencedor ganhará uma TV e um troféu, e sua redação representará o Brasil na etapa internacional, a ser realizada pela União Postal Universal. As escolas também recebem prêmios, como computadores e impressoras. As inscrições para o 44º Concurso Internacional de Redação de Cartas podem ser feitas até o dia 17 de março. Confira aqui o regulamento completo.
Fonte: http://blog.correios.com.br/correios/?p=13156

Divulgação / "Blog dos Correios"

24 de fev de 2015

É SUA VEZ DE MUDAR O MUNDO - Google Science Fair


A Google Science Fair é uma competição global on-line aberta a participantes ou grupos de participantes entre 13 e 18 anos. Qual é sua proposta?



19 de fev de 2015

Meus melhores 5 dias - FSY 2015 Sessão Curitiba III #Embark


"Portanto, ó vós que embarcais no serviço de Deus, vede que o sirvais de todo o coração, poder, mente e força, para que vos apresenteis sem culpa perante Deus no último dia."
- Doutrina e Convênios 4:2

  Com este tema foi preparado o FSY 2015. As pessoas que servem missão comumente comentam sobre seus melhores 2 anos ou seus melhores 1 ano e meio e assim posso dizer sobre o FSY (For the strength of youth, Para o vigor da juventude). Este programa inspirado durou 5 dias, e posso dizer que foram os 5 dias onde mais senti que não estou sozinho! ("Ouse ser mórmon. Ouse ficar sozinho. Ouse ter um firme propósito. Ouse torná-lo conhecido" - Thomas S. Monson) Não sou bom para escrever, tampouco no falar mas compreendi que não estou sozinho em vários sentidos: Tenho amigos em vários lugares! Mais de 400 jovens estavam comigo! Eu aprendi que o Senhor nos conhece individualmente! Eu aprendi que de acordo com nossas ações podemos estar em sintonia com o Espírito Santo! 
      
   5 dias em uma "imersão" no Evangelho de Cristo, longe das coisas vãs e tolas, da tecnologia e das coisas que ocupam nosso tempo. No FSY acordávamos e tínhamos um devocional matutino com nossa companhia seguido de diversas atividades, aulas, serões e atividades de serviço. Fizemos metas individuais e em companhia. Nossas metas envolviam áreas como física, emocional, social e espiritual. Na área física, por exemplo, uma de nossas metas era beber 2 squeezes de água por dia, na espiritual, fazer anotações quando inspirados e sentindo que deveríamos faze-lo. Na reunião Sacramental do domingo tive muitos sentimentos lembrei-me de minha conversão e como tudo aconteceu e que as pessoas que me ajudaram a entrar no caminho estreito e apertado saíram dele, uma das oradoras da reunião nos falou sobre a parábola do paralítico, onde os amigos levaram o paralítico para Cristo mesmo com muita dificuldade e nos pediu para refletirmos se nossos amigos são como os amigos daquele paralítico e também se nós somos amigos que levam as pessoas à Cristo. Também lembrei durante estes dias do devocional do Elder Randall L. Ridd onde ele contou o seguinte: "Há alguns anos, plantei duas árvores da mesma espécie e da mesma altura no quintal. Plantei uma delas num lugar onde bate pouca luz solar diariamente e a outra num local que recebe plena luz do sol. No ano seguinte não percebi muita diferença no crescimento das duas árvores, mas então minha mulher e eu fomos servir uma missão de três anos. Quando voltamos, fiquei chocado com a enorme diferença! O efeito cumulativo de um pouco mais de luz do sol a cada dia fez uma enorme diferença — ao longo do tempo — no crescimento das árvores. O mesmo acontece em nossa vida ao nos expormos à fonte de toda luz a cada dia. Podemos não notar uma mudança imediata, mas saibam que uma mudança está acontecendo dentro de nós, e os resultados aparecerão com o tempo." Lembrei das coisas diárias que nos aproximam e nos afastam do Salvador. Nas palavras do Presidente Dieter F. Uchtdorf: “Ao longo dos anos em que servi ao Senhor (…), aprendi que a diferença entre a felicidade e a infelicidade para pessoas, casamentos e famílias muitas vezes se resume a um erro — de cálculo — de poucos graus” (“Uma Questão de Poucos Graus”,A Liahona, maio de 2008, p. 57).
Além destas reflexões mais profundas sobre quem sou e quem eu posso me tornar, também tivemos muitos momentos de extrema alegria e satisfação! Fizemos o estandarte e o grito de guerra que após alguns debates nos ajudou a ficar mais unidos e nossos consultores que nos ajudaram a cada minuto. Sou grato ao Salvador por ter feito sua expiação e ter permitido que eu pudesse viver, me arrepender e sentir as coisas que eu sinto. Também gostei muito da oportunidade que tivemos de estudar “O Cristo Vivo” uma declaração escrita pela Primeira Presidência e Doze Apóstolos testificando de que Jesus é o Cristo e de que Ele vive. O Programa Musical e a reunião de testemunho foram inspiradoras. Fsy também teve diversão na tarde chuvosa de jogos e no baile. Isso é um pouco do que vivenciamos, espero que eu possa ter passado um pouco da alegria que estou sentindo por ter participado deste maravilhoso programa. 


#ShareGoodness #FSYShow