10 de set de 2011

O Setor Madereiro: Da Muda a Mesa. Tarefa 2 - Desafio do Conhecimento

Da "muda" a "mesa"
Empresa fornecedora de matéria-prima:
Planta original da região: (Imbuía Araucária, Canela)
Transporte:
Indústria e/ou Prestação de Serviços:
Serraria
- Corte;
- Marcenaria:
- Realização de projeto;
- Beneficiamento (Transformação da madeira bruta em "peças");
- Fabricação do móvel (mesa), montagem, pintura, limpeza;
Comércio:
- Entrega ou venda;
Empresa fornecedora de matéria-prima (volta):
Reflorestamento de pinus:
- Muda (semente), cuidado;
- Crescimento;
- Acompanhamento: Poda (1º, 2º e 3º Desbaste - Raleio), Corte Raso, Destoca;
Reinício do ciclo. (Empresa fornecedora de matéria-prima, Planta original da região, Transporte, Indústria e/ou Prestação de Serviços, Serraria, Corte, Marcenaria, Realização de projeto...)

Observações finais: o que é feito com os resíduos de cavaco (geração de Biomassa), madeira, água, etc.
Esta questão, é um critério de cada empresa, porém existem muitas organização de vigilância, projeção e incentivo a realização, e apoio a organizações ambientais, pela isenção fiscal.
Hoje, em caçador, existem várias entidades que promovem a sustentabilidade e a educação ambiental, entre elas podemos citar a ONG Gato-do-Mato, que tem um prêmio Fritz Muller, e um prêmio expressão ecologia, e também mantém o projeto Rio do Peixe – Educação Ambiental, Temos o projeto PAES,  o Grupo Escoteiro Pindorama, o Programa da Policia Militar Ambiental “Protetor Ambiental”, a Hora do Planeta, que tem o apoio do poder executivo municipal, entre outras atividades.
Como protetor ambiental, vereador mirim e escoteiro, sintome na obrigação de registar aqui o meu próprio depoimento, junto com o de meu pai Marcineiro. Claudio Antonio Klaus e Claudio Antonio Klaus Junior, e a honrossíma entrevista com Oswaldo Olienick, Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Caçador. Em um debate, conversamos sobre, novamente, a questão da ecologia, pois, hoje é um assunto que é, e deve ser tratado em todas as areas. Oswaldo, comentou que quando era criança, nossa cidade era só mato, e milhares de espécimes foram retalhados, tanto na flora quanto na fauna. E a imensa diferança do bioma Mata Atlântica, hoje, e na época do descobrimento, mostrando a atitude invasiva humana, completa Oswaldo. "A consciência ecológica somente surgirá quando aliarmos ao nosso conhecimento racional uma intuição da natureza não linear de nosso meio ambiente." Julio Cesar Moschetta da Silva.

"A conservação e recuperação da paisagem fragmentada depende diretamente da parceria entre público e privado, como forma de complementar ações e não substituir iniciativas já existentes."
Luciana Simões, Coordenadora do Programa Mata Atlântica do WWF-Brasil
Links e Referâncias Bibliográficas ( acessadas em 09/09/2011)